Aprender Recomenda-se

Aprendizagem da leitura e da escrita

Dominar a ortografia

1. Promover o domínio da ortografia

Um bom ensino do conhecimento ortográfico deve considerar explícita e estrategicamente as quatro fontes úteis para aprender a forma ortográfica correta das palavras: a fonologia, os padrões ortográficos, a morfologia e a etimologia. A aprendizagem da ortografia não tem que ser aborrecida, repetitiva, nem ser centrada na sensação de falhanço, ignorância, distração que um erro ortográfico sempre encerra. A aprendizagem da ortografia facilmente pode ser revestida de um carácter lúdico. Exemplo: podem ser usados cartões com palavras escritas que a criança pode sortear de acordo com um critério ortograficamente relevante que o professor escolheu ensinar. É fácil criar jogos ortográficos. Necessariamente, aprender ortografia implica escrever as palavras, em cópias ou ditados. Mas esta escrita não tem de ser repetida exaustivamente. A estratégia recomendada pelos professores não tem de enfatizar noções de “decorar”, ou “memorizar visualmente”, ou memorizar sem qualquer razão aparente. Copiar palavras escritas, mas sugerindo à criança que leia a palavra, a tape, a escreva e depois compare as duas palavras, é uma estratégia lúdica que a investigação mostrou ser eficaz. Os ditados de palavras ou textos podem ser realizados de forma mais ativa, envolvendo, no final, a criança na verificação da exatidão ortográfica das suas respostas e criando formas de a criança poder registar os seus progressos ortográficos (por exemplo em gráficos). É também importante que as crianças treinem a ortografia em contexto de produção de texto. É bem natural que na escrita de palavras isoladas, a criança não erre numa palavra ortograficamente difícil, mas que erre quando tem de a escrever durante a produção textual.  


2. Monitorizar o domínio da ortografia

A monitorização do domínio da ortografia pode ser feita com as mesmas atividades envolvidas no seu ensino. Estas podem ser basicamente de duas formas: pedindo a produção de um conjunto de palavras alvo, ou pedindo o reconhecimento de formas ortográficas corretas misturadas com versões ortograficamente erradas. Mais importante é que a avaliação possa ser feita seguindo o critério daquilo que foi explicitamente ensinado, e que a complexidade das aprendizagens ortográficas possa decorrer de forma gradual, isto é, trabalhando primeiro os casos simples e aumentando progressivamente o nível de dificuldade ortográfica. A ortografia é um domínio em que o estabelecimento de metas é relativamente simples e pedagogicamente muito vantajoso.

Autoria: Rui Alves          Edição: Andreia Lobo

Ver/Imprimir

Textos Relacionados